Histórico da Banda Marcial Imperial Petropolitana

 

A Banda Marcial Imperial Petropolitana foi criada em março de 1996 em Petrópolis-RJ, idealizada pela diretora da escola Eliane Reynaud, na Escola Municipal Vila Felipe, com o intuito de inserir na vida dos alunos uma oportunidade de vivenciarem os estudos e os encantos da música, em seu universo escolar.

Desde sua fundação, participa de inúmeras atividades cívicas, dentro das comemorações da Semana da Pátria, além de outros eventos realizados em sua cidade.

Mas foi fora do âmbito municipal, que a Banda Marcial Imperial Petropolitana ganhou sua notoriedade, conquistando mais de 200 troféus, alguns como “Melhor Banda” em renomados festivais e concursos, provando a todos que a ideia de fundá-la foi uma iniciativa de sucesso, capaz de elevar a auto-estima de seus componentes oriundos de escolas públicas e, de dar oportunidade única de contato com instrumentos, leituras de partituras, educação musical e conhecimento vasto de música erudita, elementos totalmente ausentes da realidade da maioria de seus participantes.
            A Banda Marcial Imperial Petropolitana possui 2 Cds, com tiragens de 600 exemplares cada e 2 DVDs, gravados ao vivo no Theatro Municipal, em Petrópolis. Além disso, é uma das bandas fundadoras da APEBAN – Associação Petropolitana de Bandas, criada em 2009, tendo dois representantes na diretoria da entidade.

Apresenta como regente o músico José Geraldo Rocha, como comandantes os músicos Robson Mello e Fernando Barbosa, e como Coreógrafas: Jenifer Mello e Pamela Barbosa, comemoram o que consideram uma grande conquista: tendo realizado nos anos de 2009, 2010 e 2011 uma Temporada de 32 espetáculos intitulada “Temporada de Glória – Brasil na Alma”, através de incentivos fiscais federais pela Lei Rouanet, com patrocínio da empresa GE - Celma, tendo como intuito levar o conhecimento de diversos movimentos musicais brasileiros a comunidades carentes da cidade de Petrópolis.

No ano de 2012, a banda já se apresentou em diversos locais inclusive em grandes eventos como a Bauernfest (Festa do colono alemão) e no próximo mês de setembro no projeto “Som e Cristal”, onde foi aprovada em edital aberto da Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis.

Neste mesmo ano a banda foi ganhadora do Concurso Estadual de Bandas na categoria Marcial tendo conquistado todos os troféus que disputou. Também neste mesmo concurso atingiu índice técnico para disputar o Campeonato Nacional de Bandas que acontecerá em presidente Prudente - São Paulo, representando o Estado do Rio de Janeiro.

Parafraseando Artur da Tavola:

“Musica é vida interior, e quem tem vida interior jamais padecerá de solidão.”

Contacte-nos.Estamos ao seu dispor!